segunda-feira, 14 de fevereiro de 2005

Camila, Hoje Você Faz Oito Anos

Hoje é o seu aniversário, e eu estou aqui para te deixar uma singela homenagem, pequena diante da grandeza que você tem em minha vida.
Você é uma menina amável, compreensiva, sensível, amiga, companheira, que quer agradar a todos, e se preocupa quando alguém não está bem.
Você é uma menina inteligente, que adora estudar, faz da escola seu bem mais precioso, é curiosa, aprende tudo muito fácil, é esperta demais, tem o seu próprio blog, e escreve lindas poesias.
Você é uma menina ativa, alegre, feliz, saudável, brincalhona, que adora dançar, ouvir música, assistir TV, cantar, fazer muita bagunça e tem uma imaginação fértil, pois adora inventar brincadeiras.
Você é uma menina que tem pressa... tem pressa em ser adolescente, fala gírias, está ligada nas paradas do momento, conectada ao mundo, querendo sempre saber além da sua idade.
Você é uma menina madura, sim.
Mas você é uma menina, ainda.

Aproveite sua infância, curta muito seus 8 anos dentro daquilo que é apropriado a essa idade, não queira crescer tão rápido, vamos com calma, juntas, ultrapassar cada etapa que a vida tem.
Vi você nascer, aprender a falar, engatinhar, caminhar sozinha, comer sozinha, vi você aprendendo a escrever, a ler, a desenhar, acompanhei todos os seus passos, e vou acompanhar sempre, eternamente, todos os demais.

Tento ser a melhor mãe pra você, aquela que ri e chora junto, aquela que elogia e critica, uma mãe que diz "sim" e tem por obrigação dizer "não", só assim tenho certeza que não criarei uma filha frustrada no futuro, pois a vida é cheia de "nãos", e se você não aprender a conviver com eles, enfrentá-los e principalmente, aceitá-los, crescerá achando que pode tudo, e isso não é verdade.
Tento ser uma mãe que é amiga, e amigas dizem a verdade sempre, mesmo quando essas verdades doem, mesmo quando ouvimos aquilo que não queremos ouvir.
Tento ser uma mãe que te encoraja a descobrir as coisas, que te mostra o caminho, que tenta te mostrar que existe o bem e o mal.
Enfim, eu tento ser apenas uma mãe... pois sei quais são minhas obrigações como tal, mas sei também que cada um tem uma personalidade, e que nenhuma mãe pode determinar ou mandar alguém ser do jeito que ela deseja.
Tudo que posso fazer é te ensinar, ajudar, educar, criar e estar presente... o resto, é com você.
Tenho muito orgulho da pessoa que você é... e nesse dia tão especial do seu aniversário, quem comemora sou eu, por ter há oito anos uma filha como você !!!


FELIZ ANIVERSÁRIO !!! AMO VOCÊ !!!

Há dois legados duradouros que
podemos deixar para nossos filhos.
Um deles, raízes.
O outro, asas."
M. Carter



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...