segunda-feira, 25 de junho de 2012

Fim de um ciclo materno

Esse ano acaba um ciclo que eu tenho certeza sentirei MUITA falta, o das apresentações escolares. São 14 anos ininterruptos, começou em 1998 com a Camila no maternal, e termina agora, em 2012 com a Carolina no 4º ano do fundamental.

Adeus apresentações no Dia das Mães, adeus danças caipiras e vestidos caipiras, adeus apresentações de Natal. 

As apresentações da Camila foram tantas, nem sei se consigo ilustrar em fotos. Na pré-escola dela era tradição ter essas coisas todas, todo ano, além disso houve formatura do pré, com cerimônia, homenagens, diplomas e tudo mais, coisa que a Carol não teve. Aliás, se eu for comparar já me dá um aperto no coração, realmente a Pré-Escola CECI foi excelente pra Camila, que estudou lá durante 6 anos e rendeu tantas memórias boas, incomparáveis.

Mas, a Carolina ingressou numa escola maior, mais tradicional, e ao mesmo tempo menos interessada em blá blá blá de mãe, ensaio de dança e homenagens. Não que não houvesse, mas foi algo infinitamente mais simples se comparado ao que a Camila havia realizado.

Independente do grau de produção desses momentos, o importante mesmo foi participar deles, cada lágrima de alegria ao assistir aqueles pequenos cantando músicas bonitas pras mães... inesquecíveis mesmo!

Tenho um baú de tesouros, onde guardo todos os cartões, lembranças e mimos que ganhei no Dia das Mães, nesses 14 anos escolares das minhas filhotas, e eu sei, que ano que vem, mesmo não havendo apresentação ou gincana na escola, eu vou ganhar um mimo no dia (ai delas se não me fizerem um cartão!), e continuarei colecionando, cada um com seu significado e energia.
Enfim, esse ano é de muitas mudanças de fase, fim de ciclos, e confesso, tenho me sentido nostálgica, diria até meio depressiva em pensar que muita coisa vai mudar, naturalmente, e "perderei" as crianças da casa, definitivamente.

Enquanto uma completa 1 ano de namoro, a outra começa a sair da infância e entra na pré-adolescência.

Não ter mais crianças em casa dói. Entristece.

Se eu pudesse "congelaria" a vida só uns dois aninhos, depois eu juro, deixava a vida acontecer, mais conformada.






Um comentário:

  1. que saudades!!! nem sabia q vc ainda postava.. como está tudo diferente.. bjos Lígia, Larissa e Luiza

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...