segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Prestação de Serviços

Haja paciência quando precisamos de serviços! Comprar produto até que é fácil, mas se o produto demanda mão-de-obra é bom começar a rezar, fazer novena, acender vela, invocar o santo protetor dos necessitados de serviços, porque olha... é pracaba!

1) Toldos
Há meses atrás fiz um orçamento para colocação de toldos no meu quintal, não queria fixo para que no inverno o sol pudesse entrar, mas ao mesmo tempo precisava deles para proteger da chuva a porta e janelas de ferro. A solução foi colocar toldos retráteis, assim eu teria as duas opções conforme minha necessidade. Comprei, paguei e foram instalar. APÓS instalado as recomendações:
- abrir ou fechar sempre em duas pessoas (moço, sou solteiraaaaa, tenho que chamar o vizinho sempre que precisar fazer isso?)
- não deixar armado em caso de vento forte (chuva às vezes vem com vento, quando chover tenho que recolher? Mas eu comprei pra proteger da chuva! Quando eu viajar tenho que deixar batendo sol e pegando chuva pois não é recomendável deixar montado?)
Eu acho que o problema maior foi a concentração do vendedor na minha bunda/peitos e o interesse na minha vida amorosa, compro coisas dele há 3 anos, e sempre me benzo antes de pedir orçamento, torço para ser mais caro, mas nunca é. Ele podia ter me dado esses detalhes ANTES de fechar a venda, questão de ética, de boa prestação de serviços. Mas tá... parece que não dou uma dentro quando se trata de serviços pra minha casa. E pra completar a cagada o outro toldo (tipo cortina, que sobe e desce) ficou uma droga... abri na sexta-feira quase me arrebentando os dedos e não consegui fechar, tive que chamar o vizinho pra me ajudar (ainda bem que o vizinho é o meu irmão, hehehe, que aliás está de férias e só o que tem feito até agora é ajudar a vizinha chata dele).
Seja como for, abri e fechei sozinha os retráteis, se entortar eu compro outro, não posso depender de ter alguém pra me ajudar nessa tarefa, e eles estão abertos, com chuva, sol, vento e escambau, hunf!
E pra encurtar a história só vou escrever isso sobre o processo "toldos", mas vocês não imaginam que muito mimimi ficou pra ser contado.

2) Rádio do carro
Liguei na sexta-feira, informei que levaria no sábado no primeiro horário, cheguei lá e fui reconhecida "A Sra. do Idea que ligou ontem", escolhi o som, e deixei o carro lá, ele pegou meu celular e falou "ligaremos assim que estiver pronto", perguntei se havia previsão, ele perguntou se eu precisava do carro, respondi que pela manhã não. Fui pra casa e esperei. Às 12h30 (pra mim a "manhã" termina ao meio-dia) liguei e perguntei que horas fechavam, a moça falou que fechavam às 13h, então falei que estava aguardando o Idea, eis que ela me diz que ainda levaria mais meia hora. Aguardei 20min e fui, cheguei às 13h e nada.... sentei, às 13h20 perguntei se faltava muito, o cara disse "10min", então falei que gostaria de ir almoçar enquanto o restaurante ainda tivesse comida e não resto de comida, ele pediu para eu aguardar "só mais um pouquinho". Às 13h45 e já com a cara emputecida, comecei a resmungar. Vejam bem que pra me tirar do sério.... demora! Às 14h03 o carro estava pronto e eu pude sair de lá, tão brava que fui pra casa comer lasanha congelada pela quarta vez em 3 dias!
Engraçado que vários clientes que chegaram lá depois de mim e ficaram aguardando, tomando o café deles, usando o banheiro deles, foram atendidos primeiro, enquanto eu fiquei por último. Vão me ver por lá alguma outra vez? Não, ainda mais que meu irmão também não gostou do atendimento deles, apesar do som ter sido instalado certinho, não ficou nada batendo e foi no capricho, mas a falta de respeito superou minha expectaviva de uma nova compra.

3) Limpeza
Andei feito camelo zanzando dentro de casa fazendo arrumações. Sem as meninas por aqui dispensei a diarista na semana passada, programando por escrito os dias que eu precisava dela. Arrastei caixas, armários, descartei um monte de coisa velha, deixei sacos e sacos de lixo na garagem, tudo engatilhado para a limpeza de hoje, a casa está uma sujeira só, amanhã as meninas voltam e.... E..... EEEEEEEEEE.... ELA NÃO APARECEU! Ligou dizendo que o filho tinha passado mal à noite e que não estava bonzinho.

Ou seja, prestação de serviços é UÓ !!!!

domingo, 9 de janeiro de 2011

Feirinha do Largo da Ordem

Domingão tem feira de artesanato do Largo da Ordem. Andei muitoooo, um calor infernal, mas as comprinhas valeram à pena.

#Project365 foto do dia #009

Fazia muitos anos que eu não perambulava por lá, é sempre estressante pra mim que odeio muvuca, e com sol e calor potencializa, mas eu até que encarei numa boa, até que um aleijado (eu sei que é pejorativo, mas me enfezei) pedindo esmola acertou a bituca do seu cigarro no meu pé... e queimou... e eu gritei... e todo mundo olhou... e eu briguei com o cara bem alto pra todo mundo ouvir! Ah, me poupe, pedindo esmola e fumando! E o povo dando dinheiro pro tiozinho, pelo menos disfarça né, o cigarro é caro, com o preço de uma carteira dá pra comprar 2 litros de leite e ainda sobra dinheiro! Absurdo, fotografei o indivíduo, só de raiva... (risada maquiavélica). Deus me perdoe, sou uma pessoa de bom coração, mas o povo anda tão abusado hoje em dia que dá medo!


sábado, 8 de janeiro de 2011

Project 365 - Dia 08

Sabadão de muitas andanças pelas lojas de utensílios para o lar e supermercados, andei por 5 lugares diferentes, comprei alguns itens bacanas, mas o meu preferido foi essa caixa de papelão com gavetinhas. Adoro caixas, tenho muitas, é um vício, compro sem precisar... hehehehe
E como estou com preguiça de escrever hoje, tenho seriados pra ver, livros pra ler, então deixou post decente pra outro dia, tá?

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Project 365 - Dia 07

Porque hoje é sexta-feira e eu mereço. Super detalhe do porta-copos personalizado, só assim pra não morrer de saudades das filhotas que estão de férias no RJ.

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Project 365

Postagem do dia #006

Saindo do shopping dei de cara com uma tempestade, esperei quase 1h para sair de lá, uma vez que tive a brilhante ideia de parar o carro ao ar livre.
Sem trégua fui obrigada a correr até o carro e me molhar inteirinha, fazer o que...

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Centro da cidade

Já perdi a conta de quantos anos faz que não piso os pés no centro de Curitiba com a intenção de passear. Já tive que ir rapidamente fazer alguma coisa aos arredores, estacionei o carro, resolvi a questão e vim embora. Já passei de carro algumas vezes, é verdade, mas só passei. Passear como eu costumava fazer, nunca mais.
Primeiro porque trabalho muito longe e durante a semana não tem como, e segundo que no final de semana não tem graça.
Fato é que a Camila morre de medo de andar na rua, a última vez que fui passear talvez tenha sido quando ela tinha 8/9 anos, estávamos de férias e quis levá-la para andar na Rua XV de Novembro. Desastre total! Ela quase surtou de medo, andou agarrada em mim e cada um com cara "de mau" que passava ela demonstrava não estar muito satisfeita em andar no meio do povão.
Frescura? Sei lá! É bem verdade que o centro da cidade fede xixi, tem um monte de pedinte chato, e tem um povo feio circulando, mas daí a ter pânico, acredito que seja mais do que frescura, chamaria de trauma.
E hoje me peguei pisando novamente na região, fui resolver umas pendengas jurídicas na Rua XV e resolvi fotografar a praça Santos Andrade em frente à Universidade Federal do Paraná.

Foto #005 do #project365 é essa, as demais são bônus!

_______________________________xx_______________________________





terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Aeroporto - A Saga


E as minhas meninas viajaram para a cidade maravilhosa com o pai. Claro que me ofereci para levá-las ao aeroporto, arrumei malas, comprei passagens, organizei tudo, óbvio que iria levá-las para dar aquele tchau saudoso, ficar acenando pela janela, vendo o avião decolar, enxugar a lágrima com um lencinho branco.............. tá, parei...
Na verdade não foi nada disso que aconteceu.
Saí do trabalho por volta de 16h, passei em casa, catei as duas, andei mais uns km catei o progenitor, e chegamos no aeroporto com 40min de antecedência para fazer o check-in e aí que a anta loira aqui levou apenas uma cópia simples da certidão de nascimento da Carolina, e pééééé.... barrada para embarque. Sorte é que tinha um outro vôo mais tarde e remarcaram, daí começou o meu corre-corre.
São 22km da minha casa até o aeroporto, voltei, peguei a bendita certidão autenticada e corri de volta pra lá, cheguei, 44km e 80min depois,  em cima do laço para o novo check-in. Cansei tanto de dirigir que até me injuriei com as despedidas, e eles já estavam injuriadas também de esperar o novo embarque, então mal cheguei elas já entraram e foi só aquele tchauzinho com pressa, que nem foto lembrei de tirar... queria uma bonita para o project365 mas nem deu.
Fula da vida, paguei novos 5 pila no estacionamento e voltei para casa. Antes tentei fotografar algumas coisas legais, mas começou a cair uma garoa fina, fria e molhada, fui obrigada a correr até o carro. 
Voltei, mais 22km e um bicão enorma na fuça, cheguei em casa quase 21h, morrendo de fome, morrendo de vontade de ir ao banheiro, morrendo de vontade de tirar a roupa, uma baita dor de cabeça, enfim, operação aeroporto #FAIL
O importante é que o vôo estava no horário, chegaram bem, tudo certo, tirando a chuva que cai no RJ essa semana, espero apenas que aproveitem alguma coisa, porque até hoje a Camila só conseguiu ser turista uma vez lá, eu também uma vez, e a Carol nenhuma. Elas que não voltem pra cá sem foto de braço aberto no Cristo!

E o #project365 de hoje tem a foto #004 do Aeroporto de Curitiba, incluindo outros cliques de ontem.





segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Wiiiiiii + TV

 Pois é, o Nintendo Wii invadiu a cAsA dAs loucAs, finalmente! Se eu soubesse que iria distrair tanto as minhas meninas teria comprado antes.  Resisti por tanto tempo mais por "medo do desconhecido" do que qualquer outra coisa. Foi presente de Natal para ambas, e acho que acertei.
Dou muita risada com aqueles bonequinhos nos representando dentro da TV, aliás, falando em TV a minha é jurássica, eu não tinha comprado o Wii antes  também pois achei que só funcionaria com TV mais moderna, mas quando soube que a entrada era compativel, fui lá e gastei uma grana com o bagulho. 
E TV nova vai esperar, afinal as minhas velhas, que até os ladrões recusaram de tão mequetrefe, estão firmes e fortes.
Oxente, se eu contar que uma delas eu comprei a uns 17 anos atrás num consórcio da Colombo, alguém acredita? É a minha pretinha de solteira, 14 polegadas, SEM controle remoto (porque eu perdi), uma belezinha (mentira).
Quem gosta de TV é a minha mãe que tem duas tvzona gigante no AP dela, tô querendo que ela deseje uma maior e me dê uma daquelas lá de presente... oi mãe!!!
Mas também não tem pressa porque pra nós o que importa é ter um monitor grandão, já que 99,9% do tempo é em frente ao computador que estamos, eu no trabalho, Camila em casa. Carolina é revezamento 4x4, uma hora no computador, uma hora na NET, outra hora no DVD e outra com os brinquedos. 
A grande questão do Wii são os zilhões de componentes e jogos que ele tem, como tem que ser tudo original (não comprei desbloqueado, tá Dilma?) é uma fortuna cada coisa do bendito. Chato é ficar namorando no E-bay joguinho que aqui custa duzentão e lá fora custa menos de 20 dólares (injusto isso viu Dilma?).
Enfim, isso pra mim é novidade enquanto pra maioria das pessoas já é coisa do passado, mas me deixem tá? Tô sempre atrasada mesmo, comentei com a Camila que um dia vamos pra Disney SIM, quando todos estiverem fazendo tour na lua, nós estaremos indo pra Disney! 

E para o #Project365 do dia #003 vai uma foto das minhas meninas curtindo um Wii juntas.

(Camila de pijama e meia, ela tá sempre de meia, ela só dorme com meia, impressionante.
Ei, não vou trocar a foto não!)

domingo, 2 de janeiro de 2011

Retrô e Project365

E foi-se 2010. Já foi tarde, ô ano que não acrescentou nada na minha vida, aliás, mentira... acrescentou sim, e muito... foram MUITOS quilos acrescentados a esse pobre corpo balzaquiano.
Fora isso, nada além do normal.
Talvez 2010 tenha sido um ano "errado" pois já no 14º dia assaltaram minha casa, arrombaram e levaram TODOS os meus bens materiais. Tudo bem, vão-se os anéis, ficam os dedos, tivemos sorte de não dar de cara com os bandidos, foi por pouco segundo informações, e teria sido a Camila a dar de cara, pois foi a primeira a entrar em casa. Além disso deixaram caído pelo chão o meu HD de bolso com todas as fotos das minhas filhas (mas perdi os vídeos), fiquei com a maioria dos meus arquivos de trabalho e isso também foi um alívio (não fosse por isso eu teria comprado uma bazuca e teria ido investigar eu mesma, até achar os infelizes e fazê-los comer as próprias bolas. Sou calma?).
E assim rolou 2010, com um grande vazio dentro de mim (e da minha casa), um sentimento de impotência, revolta, de ter perdido quase 4 anos do meu trabalho, por me sentir idiota pela falha de segurança em casa, por ter que gastar meu dinheiro não para repor o que roubaram, mas para instalar alarmes e mais grades e tornar meu lar um mini-presídio.
Well, depois desse belo começo de ano, o que esperar do resto? Trabalho, e muito trabalho. Um ano de mudanças em nossa rotina, cansativo, acordar cedo, dormir tarde, sono, muito sono, comer e comer, ansiedade, cansaço, preguiça, e assim foi.
Momentos bons? Claro que sim, minha vida não foi só amargura em 2010, e é por esses momentos que a gente continua vivendo. Feliz, sim... feliz, a vida segue, foi apenas um ano que passou meio em branco, com perdas materiais, que a gente tira de letra, trabalhando como sempre, com saúde, paz de espírito e apoio da família.

E chegou 2011, espero não ter surpresas ruins, esse será o ano de concretizar sonhos, contratar muita mão-de-obra para a festa de 15 anos da Camila, acredito que o foco principal seja esse.

E lá vem a postagem do #Project365 com a foto #002


Carolina e Leonardo, primos brincando no quintal da minha casa.

sábado, 1 de janeiro de 2011

Project 365

O Project365 já existe há alguns anos e eu tinha muita vontade de participar, mas sempre achei que não daria conta, e por isso nunca comecei um efetivamente.
Trata-se de um projeto que tem por objetivo retratar (através de fotografia) 365 dias de sua vida. Uma foto por dia publicada na sua rede social favorita. Existem locais mais específicos para compartilhar o projeto, é verdade, mas algumas pessoas têm maior dificuldade em entender o funcionamento, então a sugestão é usar a sua rede social favorita, vale Orkut, Facebook, Flickr (onde realmente tem maior número de participantes), blog ou qualquer outro lugar que você possa compartilhar as fotos.
Postarei as fotos no site http://365project.org/ e também na minha conta do Flickr compartilhando sempre no Twitter e no Facebook (no Orkut eu não sei ainda, pois não estou mais usando com frequência).
E como sou exagerada farei o projeto aqui no blog TAMBÉM, o mesmo projeto, claro.
O legal é começar no dia 1º de cada ano, mas não é obrigatório, tem gente que começou no meio do ano e está no Dia 200 por exemplo, o importante é começar... e não desistir... eu que adoro fotografar e tiro foto até de mosquito voando, tenho foto pra dois projetos ao mesmo tempo, o que falta é paciência, talvez dedicação, e muitos dias faltará tempo, mas nada impede de postar a foto no dia seguinte, duas juntas, afinal ninguém é de ferro e imprevistos acontecem.
E pra começar, lá vai nossa primeira foto!

#project365 #Day1 - 01/01/2011 - Um brinde ao novo ano!


Que tal você iniciar o seu projeto também? Vamos? Ainda dá tempo, não pensa muito e põe a mão na massa!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...