terça-feira, 14 de setembro de 2004

Bebês na praia, dá trabalho ou não dá?

Esse post surgiu de uma conversa com a minha grande amiga Luise, que por não ter filhos, acha que é a maior moleza ir à praia com crianças.
Consegui convencê-la de que é um empenho, satisfatório, claro, ao ver a alegria das crianças na beira do mar... mas existe um outro lado nessa história...
Transcrição do diálogo:
- Eu acho que não vou poder tirar férias.
- Por quê ??
- Grana...
- Ah, mas tem que levar a Carolzinha pra praia !!
- Ah não... muito empenho. No verão eu coloco a piscina em casa. Pelo menos não tem areia.
- Mas não é a mesma coisa... aaaaaaaaa.... deve ser massa ver ela na praia !!
- Massa... pra ela pode ser. Você só consegue vislumbrar a imagem de uma criança alegre e feliz brincando na beira da praia, coberta de areia dos pés à cabeça, fazendo a festa.
- Claro !!! É ótimo para as crianças !!!
- Então embarque comigo nessa viagem... preste atenção...
- Ok

01) Antes de ir à praia deve-se passar protetor solar fator 30 (no mínimo) EM TODAS AS 5MIL DOBRINHAS da criança. Tente brincar de estátua com ela, do contrário não rola !!!
02) Tem que preparar uma super-mega-ultra bolsa com todas as bugigangas que a gente vai precisar, aquelas que TALVEZ a gente vá precisar, e aquelas que a gente COM CERTEZA não vai precisar, mas leva mesmo assim.
03) Junte a essa bolsa uma cadeira de praia para a mãe sentar (item inútil), um guarda-sol, vários baldinhos, brinquedos e coisas desse tipo.
04) Não esqueça de levar uma garrafa de 1 litro de água potável para lavar 500 vezes o rosto todo cheio de areia da criança, e as mãos, que ela insistentemente leva à boca outras 500 vezes.

(Lembre-se que vc está indo SOZINHA com seu filho (a) para à praia, vai ter que carregar isso tudo, e mais a criança no colo !!)

05) Chegando na praia, tente armar o acampamento sozinha. Largue a criança sentada na areia, dê alguns brinquedos (ou ela foge para o mar e vc vai ter que largar tudo no meio do caminho e sair correndo atrás dela), arme seu guarda-sol e sua cadeira.
06) É hora de levá-la até as ondas do mar !! No começo um certo receio. E você incentivando, tirando o medo. De repente, baixa um espírito de Gustavo Borges no seu adorável bebê e ele quer se afogar na água de tanta alegria.
07) Agora é hora de sentir as suas costas doendo, sim, pq seu bebê tem menos de 1m de altura e vc deve ficar curvada segurando ele pelas braços, e pulando ondinha, e fazendo zigue-zague... é uma beleza !!
08) Depois de algum tempo (dependendo de sua paciência e resistência física) você resolve ir embora. Primeiro você precisa pensar num jeito de tirar seu filho da água. Achou um jeito ??? Não, né ? Não tem jeito, ele vai gritar, chorar, fazer escândalo, se atirar no chão (na areia, melhor dizendo), e você vai ficar morrendo de vergonha, com raiva e querendo que um buraco se abra diante dos seus pés.
09) Lembre-se que está tudo completamente CHEIO de areia, a toalha de banho, a cadeira, você, seu bebê, seu chinelo, TUDO !!
10) Ande com toda tralha de volta pra casa, vão parecer quilômetros intermináveis, você está cansada, a areia no corpo do seu bebê provoca coceiras em você, o seu chinelo não pára no pé, e descalço, hummm... no verão o chão pode estar bem quente !!
11) Chegando em casa você até encontra uma ajuda de alguém, pra a abrir a porta de casa (sem ter que largar toda a tralha no chão). Agora o processo "pós-praia" vai começar.
12) Primeiro você precisa decidir se toma banho ou dá banho no seu bebê. Melhor dar banho nele primeiro, apenas tire o excesso de areia do seu corpo. Dê banho e não esqueça, ele está completamente CHEIO de areia, abra todas as dobrinhas, lave bem os cabelos, se for menina, então, trabalho dobrado para limpar as genitálias.
13) Agora você pode ir tomar o seu banho. Não, não... agora seu bebê está faminto de tanto brincar na praia, e começa um berreiro por comida !! Dê comida pra ele, depois vá tomar seu banho.
14) Pronto !!! Seu bebê está alegre, limpo e alimentado... agora você pode guelaxar !!! Será ?? Ainda falta lavar a cadeira, o guarda-sol, a bolsa, as toalhas, as roupas molhadas e os brinquedos que levou para o mar.
15) No dia seguinte, repita a operação !!!! Se você tiver fôlego...

A situação muda de figura se você estiver em um grande grupo de pessoas, tios, avós, primos, amigos, enfim, bastante gente pra revezar, assim a praia se torna menos cansativa, mas a meleca toda vai continuar, todos os preparativos e o pós-praia também, a única coisa que melhora é que suas costas não vão doer tanto e vai ter gente bastante pra carregar as bugigangas !


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...